Close
Skip to content

Os sistemas Windows são os mais difundidos e usados no mundo. Não há como negar a facilidade que a Microsoft teve de se colocar no topo dos sistemas operacionais por usar uma tática simples e fácil: Crie um sistema que possa funcionar em empresas e residências, rodando em computadores de diversas configurações e foque no dominio do mercado, sempre ganhando recursos de conta gotas e mantendo o interesse do público.

mvincent-windows-31

Com a criação do Windows 3.1 para brigar com o Mac OS, lá nos anos 80 ( primeiro sistema operacional a ter interface gráfica mas que requeria um hardware proprietário) tio Bill conseguiu dominar o mercado por não exigir máquinas potentes e tinha como foco a colocação de um computador em cada casa do mundo (foi a era do Personal Computer – Computador pessoal em português). Ele já dominava o mundo Nerd com o Ms-dos que rodava via disquetes na maioria dos computadores existentes e feitos em casa. (o Dos foi comprado pela Microsoft em 81. Antes a empresa vendia computadores com o sistema dos embarcado Leia mais clicando aqui)

Com o avanço de Steve Jobs e sua Apple (uma fábrica de fundo de quintal que produzia computadores pessoais com um mouse)  a Microsoft tinha que contra-atacar e voltar ao jogo com algo similar. Mas tinha um empecilho: O sistema Windows 3.1 rodava sobre o Ms-dos.

Lembra-se do começo do curso, onde a Bios entrega o computador para o primeiro sistema operacional tomar conta depois dos testes básicos? Pois bem, o computador chamava o Ms-dos que por sua vez chamava o Windows (através de arquivos tipo Bat ou .ini, que guardavam as configurações para inicialização do sistema). Tudo muito fácil e prático, baseado em 12 disquetes.

Então, bastava você ter um computador rodando o Ms-dos que você poderia tentar instalar o Windows 3.1.

Já pensou você usar o chassi do seu carro velho e comprar uma casca nova por cima? não seria ótimo e baixaria o custo para trocar de sistemas?

Pois bem, sendo assim a Microsoft criou uma máquina de fazer dinheiro, que consiste em:

tem um sistema Ms-dos? Poê win 3.1 que fica legal.

Ficou lento? Pôe mais memória que melhora.

Troca o disco, troca o processador. Ficou rápido?

Reinstala o sistema que melhora. Ai ficou bom? Então tenta rodar o Windows 95.  Ah, não ficou rápido?Compra uma placa de vídeo. Nossa. que legal, funcionou?

Agora pôe um kit multimídia e ouça músicas no seu computador, com o novo sistema de Cd-rom que toca CD, aquela solução imbatível que supera em muito a qualidade do Vinil. Poxa, já viu a internet? Compra um fax-modem e entra na BBs.

Poxa, ficou bacana hein? Que tal uma BBS que tenha imagens? chama-se Internet. Pra navegar, você tem que comprar o Internet Explorer. Puxa você não quer comprar e vai usar o Opera? Então vou lançar um sistema novo, com o Internet Explorer que vai vir junto com mo Windows 3.1 Ah, não vai comprar o sistema novo? Então vou lançar o Windows 98, que vai vir de fábrica com o Internet Explorer e funções para conectar a internet via modem.

Você pode achar que sou muito radical e crítico ao Bill Gates, mas pare pra pensar: Ele ganha dinheiro vendendo algo que só tem custos no momento que é criado, depois são cópias.É a excelente prática das patentes: Crie algo e cobre pelo seu uso.

Pense no Michel Teló gravando a mesma música desde 1980, tendo sucesso em toda gravação, com algumas notas diferentes: ele ganharia muito dinheiro não é? Se michel teló comprasse todas as rádios possíveis, tocaria muito mais não é? Pois bem, além de ter a ajuda da pirataria a divulgar seus produtos, Bill investiu nas maiores empresas de Hardware do mundo. Ou seja, se vende software ele ganha, se vende peças ele ganha. Bom não e?

Já pensou que maravilha? Então o Windows foi evoluindo, de 3.1 para 95, 98, Me, 2000, XP, Vista, 7, 8 e agora o 8.1. Viram quanta evolução? Já pensou dar 100U$$ pra cada computador que você teve com estes sistemas operacionais para somente uma empresa?

Pois não para por ai. Além do sistema operacional, a Microsoft também produz aplicativos ( nome dado ao programa que não é um sistema operacional, tal como o Pacote Office, que é a junção de Word, Excel e Powerpoint entre outros). Então eles ganham em cada sistema operacional e ainda no intervalo de lançamento entre uma versão e outra, ele vende o Pacote Office do ano. Ou seja, a cada ano ele fatura U$$100  de cada computador existente no mundo que use o Windows. Ufa.

Quanto dinheiro.

Apesar das criticas, tenho que reconhecer que se não fosse a fome capitalista de Bill, talvez a internet não tivesse tanto sucesso e eu não teria meu emprego e eu não estaria escrevendo este curso, estaria escrevendo livros ou filmes rs.

Primeiro por que não existiriam problemas nos computadores e outro não teriam baixado de preço. ( quanto mais  gente menos cobrança = + lucro fácil). Mas Bil Gates não é o único a ter este tipo de comportamento. Ele é igual ao comportamento dos grandes Capitães da indústria no setor de minérios, carros, energia, etc etc etc e celulares.

Mas de celulares e obsolescência programada falaremos nos próximos textos.