Close
Skip to content

Muitas pessoas viram a notícia de que um menino de 8 anos faturou mais de 100 MILHÕES DE REAIS . Mas como ele faturou isso tudo, virou um problema para o Youtube.

O Menino faz vídeos de brinquedos, aberturas, os famosos Open Box, tipo de vídeos que eu acho completamente desnecessários para crianças.

Isso porque cria uma situação de que tudo é mais legal se é novo, novidade ou mesmo exclusivo. Algo que não é acessível a todos poderem fazer. Mas no “trabalho”do menino, está um problema enorme: Publicidade para crianças.

Que os pequenos estão nas redes sociais, mesmo contra os estatutos até das próprias plataformas., todos nós sabemos.

A questão é que estão usando os dados obtidos de menores, sem a anuência dos pais para inserir na cabeça programações para pedidos. Assim como faziam na TV nos anos 80, fazem agora no Youtube.

A diferença é que ficávamos vendo TV e bastava anunciar nos programas de crianças e seu produto vendia. Agora eles migraram para o youtube, coma dierença de que antes, os pais estavam no mesmo ambiente que os filhos.

Hoje em dia, muitas crianças a partir de 8 anos já tem seu celular. A minha filha que hoje tem 5 já quer um aparelho funcional, não basta ter um quebrado para fingir ter um celular. Eles querem fazer parte.

Ai entra a sacanagem dupla do mercado: usam dados que não deveriam ser usados, e ainda manipulam a cabeça dos seres já desde sempre, abusando do uso de garotos propagandas anonimos, muitas vezes não remunerados, que acabam seguindo exemplos e fazendo o mesmo em busca dos seus 100 milhões. E com agravantes.

O mesmo dinheiro, se fosse aplicado em programas que fazem este tipo de audiência, teriam menos alcance e precisão. Sinais de que todos estão sendo explorados, não só as crianças.